quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Escolas e Espaços para o Estudo do Violoncelo em Maceió-AL

Em 2013 a comunidade violoncelística em Maceió-AL produziu bastante. Muitos Concertos Solos, com grupos de Câmaras e com Orquestra. Alguns cursos de Cordas Orquestrais foram abertos, dentre eles, o Curso de Cordas do PRONATEC - AL, onde os estudantes tinham aulas de prática instrumental individual e em grupo (Violino, Viola e Violoncelo), como também, sobre Literatura da Música Clássica e formação de grupos de câmara e orquestra.

No PRONATEC o publico alvo cabe a pessoas que terminaram o Ensino Médio e estão sem oportunidades de trabalhos, o curso servirá para formar técnicos nestes instrumentos para compor as orquestra da cidade, porém não como vêm sendo realizado como uma forma amadora, e sim com bagagem profissonal. Com o Professor de Violoncelo Felipe Brandão.

O SESC/AL desde sempre vem abrindo vagas para interessados no estudo da Música. Lá tem vagas não só para interessados em Violoncelo, mas também em Violino, Viola, Violão e Canto, além das aulas de vivências musicais. Com o Professor de Violoncelo Felipe Brandão.

No CESMAC/AL há turmas de Cordas (Violino, Viola e Violoncelo), como também, turmas de Canto Coral, Técnica Vocal, Sopros (Trompete e Sax) e Violão. Com o professor de Violoncelo José Rocha.

Há também um polo significante para estudo de Violoncelo em Maceió que fica alojado no Instituto Federal de Alagoas (IFAL), com Professor de Violoncelo Almir Medeiros.

Outro espaço bastante importante para a formação de novos violoncelístas é a Escola Técnica de Artes  (ETA-AL), onde seu programa pedagógico consiste em formar profissionais técnicos em Violoncelo, as aulas são ministradas pela Professora de Violoncelo Miran Abs.

Estas entidades formadoras são originalmente integradas por professores especialistas em Violoncelo, porém sabemos que muitos dos alunos recém chegados a estas instituições vêm de igrejas evangélicas, onde sempre há um músico experiente para dar os caminhos a serem seguidos pelos interessados no estudo do Violoncelo. O que ocasiona o encaminhamento a estas escolas específicas.
É animador ver a cidade sendo tomada por Violoncelistas. Quanto mais melhor!!!

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Vamos estudar Violoncelo?

O SESC/AL abre vagas para Oficinas de Música:

  1. Vivências Musicais (prof. Janeo Amorim);
  2. Violão popular (Prof. Luiz Martins);
  3. Técnica Vocal e Canto (prof. Wagner Rodrigues);
  4. Violino e Viola (profa. Emilee Hall-Rocha);
  5. Violoncelo (prof. Felipe Brandão).


Público-alvo: comunidade em geral, bem como, dependentes de comerciários ou que estejam matriculados na Rede Pública de ensino, com renda familiar mensal bruta de até 03 salários mínimos nacionais;

  • Os cursos assim como material didático utilizado serão gratuitos; 
  • Os interessados deverão comparecer à Unidade SESC Centro acompanhados dos pais ou responsável legal, ambos munidos de documentos pessoais (originais e cópias - RG, CPF e/ou certidão de nascimento e comprovante de residência - com emissão inferior a 60 dias);
  • Maiores informações: (82) 3326-3133 / 3327-3700 (Unidade SESC Centro - Rua das Árvores, Maceió-AL);
  • Inscrições até 24/09/2012.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Ensaios Públicos

O Professor de Violoncelo José Rocha do CESMAC/AL promove "ensaios públicos" nas dependências da faculdade, juntamente com seus alunos violoncelistas, em final de cada período.


Que os bons fluidos vos inspirem sempre a tocar mais e mais o Violoncelo de vocês!

Parabéns a todos os participantes!
                                                           



sexta-feira, 18 de maio de 2012

Música para se Escutar, Executar, Ver e Conversar

O "Violoncelos de Maceió" trás uma contribuição 
ao contar mais uma história do professor Felipe Brandão:

Numa ocasião extremamente propícia fiz uma palestra sobre a 
"Música Erudita e a aceitação do público em geral"
junto com os músicos/maestros Luiz Martins e Almir Medeiros para a TV Twitter, 
no Teatro Linda Mascarenhas do IZP, em Novembro de 2011. 


Na oportunidade, em concerto nos moldes didáticos, 
o maestro Almir Medeiros, ao Saxofone, e músico Luiz Martins, ao Violão, 
tocaram peças de Pixinguinha e João Pernambuco
demonstrando a dita música erudita brasileira, contextualizando a proximidade que existia dessas músicas com o público geral na época em que os compositores estavam em atividade; 
Já eu pude introduzir o Quarteto de Violoncelos “Celli Sonare” na programação 
tocando peças Barrocas de Vivaldi e Seculares dos The Beatles, 
na intensão de mostrar o paradoxo entre os gêneros musicais, 
de uma lado a distância histórica e do outro algumas semelhanças.


Quarteto de Violoncelos: Celli Sonare


Luiz Martins, Almir Medeiros e Celli Sonare
no Música em Pauta do SESC/AL



Nas fotos abaixo, o maestro Medeiros, ao meio, dissertou fazendo uma linha do tempo da música erudita brasileira do final do séc. XIX até os dias de hoje, o músico Luiz Martins, à esquerda, expressou suas idéias sobre a importância da música e (Eu), à direita, teci relação entre a Música Erudita e a Educação Musical no Brasil.



Todos os diálogos em relação a Música são válidos. 
Ainda mais quando se tem a intensão de articular melhorias para a formação da nossa gente.

A Música tem de ser para se escutar, 
executar, ver e conversar!!! 

Oficina de Violoncelo e outras Cordas

Em novembro de 2011, foi realizado em Maceió-AL, no Teatro Linda Mascarenhas do Instituto Zumbi dos Palmares, no bairro do Farol, 
oficinas de instrumentos musicais de cordas (Violino, Viola e Violoncelo), 
numa realização do SESC/AL 
e o "Violoncelos de Maceió" não podia deixar de registrar.


Tive a satisfação em coordenar as oficinas de cordas e ministrar as aulas de Violoncelo. 
Como monitora de Cello trabalhou comigo a violoncelista Patrícia Cassimiro; 
nas oficinas de Violino as aulas foram ministradas pela violinista Shirley Tavares e sua monitora Yslane, e com a oficina de Viola, o Violista Tércio Smites junto com o monitor/violista Lee. Estas oficinas abrangeram a pauta do evento “Noite Artística”, realizado pelo SESC/AL em parceria com o IZP/AL e Secretaria de Educação do Estado de Alagoas. 


Os alunos que contemplaram a iniciação aos instrumentos são estudantes da rede estadual de ensino alagoano, lotados nas escolas do CEAGEB, antigo CEPA. 
As aulas aconteceram em uma semana apenas e no final da oficina o “milagre” ocorreu, onde todos com apenas 3 aulas tocaram duas músicas como encerramento.



Regendo o ensaio do grupão: Oficinas de Violino, Viola e Violoncelo.








Felipe Brandão corrigindo a postura dos participantes da oficina de Violoncelo.



Patrícia Cassimiro aplicando lição aos novos Violoncelistas.



Yslane e Shirley com os aspirantes a Violinistas. 


Tércio Smittes na Viola demonstrando o doce som.




É sempre com muito prazer que participo ativamente de ações como esta, 
me faz renovar a esperança de que novos projetos surjam por aí a fora.

Abraços Violoncelísticos a todos!

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Celli Sonare Apresenta: Ero Dictus "in Classic"


O Quarteto de Violoncelos Celli Sonare apresenta-se nos dias 07 e 14 de Outubro de 2011 
no Teatro de Arena (Sérgio Cardoso) Deodoro da Fonseca, em Maceió-AL, às 20 horas. 

Os Violoncelistas José Tavares Neto, José Rocha, Felipe Brandão e Patrícia Cassimiro tocarão peças dos períodos Barroco e Clássico, como também, uma peça Secular em homenagem aos The Beatles.

Estrelando o grupo Ero Dictus
composto por cantores líricos, pianista, violistas e violinistas.
no espetáculo "in Classic".
Parcerias: Teatro Deodoro (100 anos de arte) e Instituto Zumbi dos Palmares - I Z P
Produção: Arnoud Borges
Informações: 55 (82) 9971.9654 / 9909.9434

Aprecie!
   

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Curso de Violoncelo Aberto na ETA/UFAL



A Escola Técnica de Artes - ETA da Universidade Federal de Alagoas - UFAL promove um Curso de Violoncelo intensivo de extensão à comunidade que será ministrado pela Professora Violoncelista e Educadora Musical Miran Abs.
A Violoncelista é formada em Licenciatura em Música pela UFAL e em Bacharelado em Violoncelo pela Universidade Federal da Paraíba - UFPB. Atualmente, Miran Abs está se especializando em Educação Musical pela UFAL.



Com nome já bastante reconhecido no mercado musical nordestino, Abs tem realizado e/ou participado de diversas produções musicais, tanto na área da Música Erudita quanto na Música Popular com vários artistas alagoanos, entre outros. Falar do cenário violoncelístico alagoano sem citar Miran Abs seria, brinco eu - por ser uma amiga querida, um sacrilégio, no sentido de Atentado contra uma pessoa sagrada, digna de veneração. Essa Celista toca muito e recomendo o curso que estará realizando.

Inscrições:
De 25 a 29 de Julho de 2011
Das 9:00 às 17:00 na secretaria da ETA

Teste de seleção:
Dia 01 de Agosto de 2011, às 14:00, na sala 7 do Espaço Cultural/UFAL

Atenção:
Quatro (4) Vagas!

Programa do teste de seleção:
A) Escala: executar uma escala maior e sua relativa menor (Tonalidade de livre escolha);
B) Estudo: executar um estudo de SUZUKI ou DOTZAUER (Estudo de livre escolha);
C) Repertório: peça musical de livre escolha.

Obs.: Os candidatos deverão participar das aulas de Teoria e Percepção Musical.

Maiores informações:

1. etaufal.blogspot.com

2. (82) 3223.2629

3. miranabs@hotmail.com

PARTICIPE!